©

wickedtitania:

Today, Security camera clips that make the news usually show bad things, but here, Coke decided to “look at the world a little differently” in this heartwarming viral video. People stealing kisses, harmless soldiers, music addicts, honest pickpockets and potato chip dealers. Love, Attacks of friendship, friendly gangs and kindness. Unexpected firemen, rebels with a cause and peaceful warriors. A lot of crazy people, and a few heroes. 

…fico enrolando pra fazer alguma coisa mas depois que faço me empolgo e quero repetir.

comoeumesintoquando:

image

Game of Thrones cast at the Comic Con panel (2014)

isitweirdthatim:

This will literally make your day

fresnoislife:

Hoje eu quero voltar sozinho (2014)

~being a explorer

Eu sempre tive o espirito de explorador, sempre procurei conhecer coisas novas, aprender coisas novas, lugares novos e pessoas novas, o tempo todo era isso e eu nunca tive medo de tentar ou de arriscar, sempre ia com a fé e coragem. Sempre tive o gosto de ser curioso, de procurar o que eu não conhecia, de explorar meus limites, mas como tudo na vida tem um “porem”, sempre existe os ressentimentos, os arrependimentos e as decepções. Eu confesso que quebro a cara mais que o normal mas eu não me arrependo disso, muito pelo contrario, acho que adquiri a maturidade que possuo através disso.

Meus únicos arrependimentos foram as pessoas que eu magoei através da minha curiosidade e pela minha vontade de conhecer o novo, era sempre a mesma linha: eu conhecer, explorar, cansar e pular para o próximo como se fosse algo comum, mas na verdade eu tenho que admitir, na minha cabeça isso era comum porque quando você tem a mente cheia você precisa “esvaziar” ela pra algo novo entrar e era isso que eu fazia e nem me tocava que eu magoava alguém fazendo isso. Eu não quero nem imaginar quantas pessoas eu já fiz sofrer por conta disso, quantos “amigos” eu deixei de lado por isso, 1 ou 2 eu tenho certeza que não é.

Acho que eu cheguei na época que eu preciso parar um pouco, o mundo não precisa girar tão rápido assim, há tempo pra tudo e eu tenho que aprender a obedecer ele. Vou dar um tempo na questão de procurar o novo e me abrir para explorar de novo o velho, acho que deixei coisas valiosas para trás e preciso resgatar tudo isso, mas claro, obedecendo o tempo de cada um.

~the truth

Antes de começar você precisa saber que do mesmo jeito que todos temos nosso lado bom e nosso lado ruim e eu sempre falo só do meu lado bom por aqui ou em qualquer outro lugar eu decidi por aqui todo o meu lado ruim, ser o mais transparente possível.

Talvez esse texto magoe alguém, talvez faça alguém feliz (o que acho improvável), talvez ajude alguém a se encontrar, talvez seja uma carta na manga pra alguém que me odeie, mas sabe de uma coisa? Eu não me importo mais, deixa ser. Estou cansado de viver com medo de saberem quem eu sou de verdade, cansado até de fingir ser algo que eu realmente não sou.

Você precisa saber que eu não sou bom, eu só aparento ser mas eu não sou. Eu sou aquele tipo de pessoa que brinca com as outras, eu uso as pessoas pro meu bel prazer, eu uso elas pra me sentir bem e quando eu não me sinto bem mais com elas eu simplesmente me desfaço, eu parto o coração delas da pior maneira possível. Isso seria algo “bom” se o peso maior não caisse sobre mim, quando eu faço isso com alguém quem sofre mais sou eu por saber o que estou fazendo, é horrível você saber o que a pessoa quer e você fingir que quer o mesmo mas no fim estar sendo apenas egoísta, mas o que torna tudo pior é que quando tudo desmorona eu não consigo dizer adeus ou talvez seja pelo fato de alguém nunca ter me dando um verdadeiro adeus, sempre foi aquele simples e singelo “espero que você encontre alguém que seja tão bom pra você assim como você foi pra mim, porque você é uma pessoa incrível”, isso me destrói por dentro, da pior maneira possível. Eu não sou forte como pareço ser, a força que eu uso pra usar os outros volta 3x pior pra mim quando tudo desmorona, fico pra baixo por pelo menos 3 dias até encontrar outra pessoa para brincar. Eu nunca fui um santo, isso eu admito, mas eu queria saber quando eu me tornei assim, deve ser a crise dos 18, quando você passa a querer a viver a vida da sua maneira e querer de parar escutar os outros, é bom você não dar ideia pro que os outros falam mas é pior ainda você não escutar quando eles estão certos.

Você precisa saber de mais algumas coisas, eu não sei perdoar. Eu peço perdão e até entendo quando a pessoa não aceita mas quando é alguém me pedindo eu não sei aceitar, eu até finjo aceitar mas eu me torno a pessoa mais fria, um sorriso que eu dou se torna um “que pessoa estupida” na minha cabeça. Eu consigo ir do amor ao ódio em questão de segundos, consigo falar que gosto de você agora e daqui 1 hora estar te odiando profundamente e estar de saco cheio, e se eu ver que não tem futuro nas coisas eu simplesmente me afasto e você fica ao vento. Você realmente precisa saber que eu sou carente de atenção, isso eu admito com todas as palavras, eu odiava falar isso ou ter que admitir pra mim mesmo, eu preciso estar “gostando” de alguém pra me sentir bem ou ter alguém pra ocupar minha mente o tempo todo. E você deve se perguntar se sou confiável ou não, eu sou confiável a partir do momento que eu sinto isso ser retribuído, sou um ótimo analista e sei quando você está mentindo porque eu procuro as coisas quando me sinto ameaçado.

E no fim disso tudo você vai se perguntar “como alguém pode ser amigo ou gostar de você?” a resposta é simples, eu consigo ser tão transparente quanto falso, eu consigo ser tão autentico quanto sei mentir, eu sei ser confiável do mesmo jeito que eu consigo te por pra baixo, eu sei ser sincero (o que eu considero meu pior defeito e minha melhor qualidade). Resumindo, eu sei ser eu mesmo sem precisar ficar pagando de bonzão ou fodão, eu sei dar conselhos sem ficar passando a mão na cabeça de alguém, sei falar quando se esta errado ou não do mesmo jeito que sei admitir quando eu estou errado, sei abaixar minha cabeça pra escutar os sermão dos outros, do mesmo jeito que posso usar alguém eu me deixo ser usado por alguém e no fim eu chamo isso de sacrifício, o qual eu faço todo dia sempre que alguém me pede algo que nem eu mesmo consigo fazer. Eu sei ser a pior pessoa do mundo mas eu também sei ser a melhor pessoa do mundo quando eu vejo retribuição de alguém.

Agora se você queria conhecer o verdadeiro Igor Lucas ai está ele. Confesso que foi um alivio escrever sobre isso tudo, uma mão a menos em volta do meu pescoço.

whackdonalds:

itsdeepforhappypeople:

grandst:

This is how Macs are born. 

How the hell did you even get that many mice.

idk leave cheese out?